30 de janeiro de 2016

Rutas & Cuestas Andinas - 1º e 2º Dia

Após uma noite turbulenta por um intenso temporal em Porto Alegre, que tão cedo não será
esquecido é dada a largada para a Expedição Rutas & Cuestas Andinas, que tem por missão as estradas pitorescas e montanhosas das províncias de La Rioja, San Juan e Mendoza na Argentina, além de provar os bons vinhos da região.

1º Dia - 30/01/2016


Formada por uma turma de 6 pessoas e meia :) em 3 veículos, sendo duas Subaru Forester, uma vitaminada e a outra tranquila e uma Hyundai Santa Fé mais sedenta de nafta. O destino do primeiro dia é a cidade de Uruguaiana, divisa com a Argentina.

Primeiro dia livre pois cada um fez seu horário e caminho. Nos encontraríamos no Hotel Presidente onde nos esperavam 3 quartos reservados. Cheguei primeiro, depois de rodar 640 km, escapando do forte e belo temporal que deu espetáculo na estrada, que se apresentou primeiro com uma tempestade de ventos e poeira, o Auri chegou logo depois com um pouco de chuva e o Darci por ultimo, pegou o temporal de cheio na estrada.

2º Dia - 31/02/2016


Após o bonito café da manha no hotel resolvemos abastecer no Brasil pois a gasolina estaria mais barata. Chegamos na ponte internacinal e uma imensa fila nos esperava, de curioso fui passando pelo lado e com um forte alívio percebi que era de hermanos dando entrada no Brasil. Ufaaaa!!!!!!! Que alívio!

Cruzamos a ponte e em solo Argentino outra fila imensa de pessoas! Ai ai ai!!!!
Novamente aquela fila não era pra nós, tendo uma pequenina nos esperando. Ufaaaa mais uma vez!!!!! Após os trâmites descobrimos que a casa de cambio não existia mais. E agora?

Saímos andando pela orla do Rio Uruguai e descobrimos um senhor com aparência humilde, num carro humilde, numa rua mais humilde ainda, que fazia cambio e tinha dinheiro suficiente pra toda nossa expedição, e muito mais creio eu. Sem segurança, com uma calculadorazinha desgastada e no sol. Perguntamos a ele se não era perigoso estar ali exposto e trocando todo aquele dinheiro em plena rua e ele disse que não, que é normal. Falei que se fosse no Brasil poderíamos estar correndo risco de vida numa situação dessas...

Então já um pouco tarde pegamos a estrada até a cidade de Paraná, capital da província de Entre Rios onde por baixo do imenso Rio Paraná, por um túnel se chega a cidade de Santa Fé, capital da província de mesmo nome. Mais algumas horas de estrada e ainda com sol alto terminamos os 725 km do dia na cidade de Miramar, província de Córdoba. Este é um balneário no Mar Chiquita, uma imensa lagoa salgada no coração da Argentina. É o maior lago da Argentina e o quinto maior lago salgado do mundo. É um lago endorreico, ou seja, não tem saída para o mar. Os rios alimentam o lago e ele perde água só pela evaporação. Bem interessante depois de tanta planície e monotonia pelo caminho...

A noite neste local é interessante e agitada. Após comer uns asados fomos dormir pois estamos cansados e amanha o dia será comprido.


Túnel por baixo do imenso Rio Paraná.



Pausa pra um sorvete Grido em Santa Fé.



Renault das antigas.



Uhu! Mar Chiquita!



Vamos tomar banho!



Orla de Miramar.



Entre los hermanos.



Pior banho que já tomei. :)



Las chicas del mar chiquita!



Depois de secar a água no corpo fiquei branco de sal. :)



Na pileta ta melhor que o Mar Chiquita! )




Nenhum comentário:

Postar um comentário