5 de fevereiro de 2016

Rutas & Cuestas Andinas - 7º Dia

Hoje pretendemos subir a cordilheira até a divisa com o Chile pra ir no mirante do Aconcágua e contemplar a mais alta montanha das Américas, porém amanheceu nublado e com previsão de chuva. Nosso temor é justamente a chuva e as enxurradas. A uns 3 ou 4 dias a Ruta 7, a estrada internacional foi interrompida por um deslizamento de ponte no caminho até Uspallata. Quem pretendia seguir viagem tinha que desviar pela província de San Juan numa volta muito extensa e por rípio, pois o caminho alternativo pelas Curvas de Villavicencio já estava intransitável a mais tempo.

A Ruta 7 foi liberada, porém com transito em meia pista por um desvio, provocando longas filas. Enquanto fazíamos nosso desayuno (café da manha), aproveitamos pra pegar informações e decidir o que fazer. Vamos simbora! Nem que seja até onde der e voltaremos cedo pra fugir das chuvas mais fortes do fim da tarde. São 185km pra subir a cordilheira, totalizando 370km ida e volta!

Caminho muito bonito, transito razoável e muitos vinhedos no inicio. A estrada segue acompanhando, com distancia segura, o caudaloso Rio Mendoza. Paramos na fila e ficamos mais de uma hora sem sair do lugar. De longe avistávamos os caminhões levantando poeira no desvio improvisado. Seguimos em frente e a medida que subíamos o mau tempo foi ficando para traz nos deixando um belo céu de brigadeiro com montanhas coloridas. Os diversos túneis da estrada fizeram a alegria do Bernardo!

Um pouco antes do Túnel Libertadores, divisa com Chile, a 3.000 metros de altitude acessamos o Parque Aconcágua. Por uma trilha apé de 1,5 km, curtimos os lagos que espelham o imponente Aconcágua de 6962 metros. Que maravilha ver em toda plenitude este gigante colossal e eternamente branco. Belo momento, com céu azul, temperatura agradável e rajadas súbitas de vento. A galera da expedição de bom humor. Muito bom! O Auri flagrou com sua câmera o Darci pular por cima do Aconcágua. Mas que barbaridade tche!

Uma visitinha rápida na Puente del Inca e simbora descer a cordilheira. Não havia fila, já tinha chovido e secado. Em pouco tempo estávamos de volta e aproveitamos pra ir na "capitar" fazer umas compras. No meu caso umas enocompras de encher o porta-malas. Terminamos o dia produtivo na pizzaria La Massa em Chacras de Cória. Eita que hoje valeu!!!


Dique Potrerillos. Reserva de água pra garantir a vida em Mendoza.


Caudaloso Rio Mendoza


Preparando o chimarrão!


Yeahhh!


Esperando na fila pra fazer o desvio. Repare a poeira no alto.


Dirigir nestas estradas é bom demais!


Dezenas de túneis pelo caminho.


A subida continua...


Trilhas no Parque Aconcágua.


Mais um objetivo cumprido!


Darci voando de alegria!


Uhuuuu!!!


Eita que esse Auri pula!


Aconcágua, o teto das Américas!


Vegetação rasteira mas exuberante.


Trilhas no interior do Parque.


Bernardo jogando pedrinhas na água.


Agora o alvo sou eu!


Avião de rosca de alta montanha. :)


Medidores de neve e marcadores a beira da estrada.


Sempre descendo...


Pena que pra rodar em estradas como essa temos que viajar tão longe.


Adiós Ruta 7!


Continua....


Nenhum comentário:

Postar um comentário